23 de outubro de 2018 - 13:57
Home / Norte de Minas / Taiobeiras inaugura instalações do Fórum Frei Jucundiano de Kok

Taiobeiras inaugura instalações do Fórum Frei Jucundiano de Kok

O 1º vice-presidente e superintendente judiciário do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Antônio Carlos Cruvinel, inaugurou na manhã de hoje, 16 de maio, as dependências do novo fórum da comarca. A solenidade contou com a participação dos desembargadores Wanderley Paiva e Rubens Gabriel e da juíza diretora do foro, Juliana Vênera de Campos e Silva. A edificação tem 937,50m² de área construída num terreno de 2.636,19m². A obra durou 540 dias e teve custo aproximado de R$ 3,4 milhões.

Em seu pronunciamento, o 1º vice, que representou o presidente Geraldo Augusto de Almeida, enfatizou que o prédio proporciona conforto e segurança aos servidores e usuários dos serviços jurisdicionais e é dotado de acabamento moderno e condições acessíveis para todos os públicos. Ele destacou que o projeto previu a expansão do atendimento, com a eventual instalação de uma nova vara na comarca.

Edificação atende plenamente às necessidades jurisdicionais

O magistrado lembrou que o espaço homenageia o primeiro pároco da região, frei Jucundiano de Kok, conhecido popularmente como Frei Jucá. “O franciscano holandês, batizado Adrianus Cornelius de Kok, chegou à região em 1940 e lá atuou por mais de 30 anos. Que a paz e o bem, valores que os capuchinhos recordam em sua saudação, sob a égide do religioso que dá nome a este fórum, inspirem os que aqui trabalham, e que este possa ser um abrigo para todos aqueles que vêm aqui, em busca de justiça.”

A juíza Juliana Vênera de Campos e Silva destacou que a inauguração do fórum da Comarca de Taiobeiras é um grande passo para o Poder Judiciário da região e para as cidades que compõem a comarca. “O prédio é moderno e foi planejado para suprir as nossas necessidades por décadas. Desta forma, traz muito mais comodidade para quem trabalha em suas dependências e para a população de um modo geral”, afirma.

A construção tem um pavimento e capacidade para abrigar duas varas judiciais, Juizado Especial, Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) e Salão do Júri, contando, também, com amplo estacionamento. Para a magistrada, não restam dúvidas de que o novo fórum “vai contribuir para uma melhor prestação jurisdicional, que caminhe ao encontro dos anseios dos cidadãos, afinal, este é nosso objetivo maior”.

O 1° vice (3º da direita para a esquerda) ressaltou a atenção ao primeiro grau

Magistrada frisou ganhos para a população

Plano de Aceleração

O Fórum de Taiobeiras foi concluído antes da edição do Plano de Aceleração de Obras do TJMG. A iniciativa, que se estende até 2024 e utiliza recursos do Fundo Especial do Poder Judiciário, procura dinamizar a reestruturação das edificações do Judiciário no interior, por meio de reformas e novas construções, empregando arquitetura padrão e priorizando as regiões onde já está disponível o terreno para receber a construção.

O plano prevê inaugurações de prédios em Tupaciguara, Itapecerica e Contagem até o fim do semestre. As licitações dos fóruns de Araxá, Ituiutaba e Juiz de Fora estão em andamento. As Comarcas de Machado, Carmo do Rio Claro, Lagoa da Prata, Piumhi e Cláudio já finalizaram o projeto de engenharia e arquitetura e estão próximas de abrir licitação.

Até o final do ano, devem sair as licitações para Carmo da Mata, Guaranésia, Itapagipe, Morada Nova de Minas e Varginha.

Pelo Plano de Aceleração de Obras e dentro do cronograma estabelecido anteriormente, em outras gestões, já foram construídos fóruns em Uberlândia, Divinópolis, Coromandel e Vazante e Patos de Minas.

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: TJMG)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>