Gaeco cumpre mandados contra quadrilha envolvida com o tráfico de drogas e roubos no Vale do Aço

0

Na manhã desta segunda-feira, 23 de abril, o Grupo Especial de Combate ao Crime Organizados (Gaeco) em Ipatinga, no Vale do Aço, deu continuidade à Operação Ares. A ação cumpriu 15 mandados de busca e apreensão em Ipatinga, Caratinga, Coronel Fabriciano, Santana do Paraíso e João Monlevade, além de 14 mandados de prisão.

As investigações apuram um esquema criminoso organizado, com finalidade de comercialização e distribuição de entorpecentes, bem como de roubo à mão armada a instituições financeiras (explosão de caixa eletrônico) na região. Conforme apurado, a revenda de substâncias entorpecentes continuam sendo gerenciadas por pessoas presas em unidades prisionais.

No final de 2017, foram apreendidos aproximadamente 500 kg de maconha na cidade de Itabira, material que, segundo investigações do Gaeco, pertence ao grupo criminoso desmantelado. Na oportunidade, foi preso um dos alvos da operação, responsável pelo transporte e revenda em Ipatinga, Caratinga, João Monlevade e Itabira.

Em janeiro de 2018, também foram apreendidos em Mato Grosso do Sul cerca 500kg de maconha, que estava sendo transportada por um homem morador do bairro Bethânia, em Ipatinga. Na ação, o investigado abandonou a substâncias e não foi preso.

Em outra ação realizada este ano, integrantes do Gaeco efetivaram as prisões de duas pessoas, após elas deixarem para trás aproximadamente uma tonelada e 100 kg de maconha na cidade de Paranhos – MS.

Conforme o Gaeco, somente a organização investigada trazia para a região quase meia tonelada mensal de maconha.

Além disso, as investigações apontam que uma pessoa recolhida no Complexo Penitenciário Nelson Hungria participava das ações criminosas.

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: Gaeco Ipatinga/MPMG)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.