Minas Gerais adquire participação na Companhia Brasileira de Lítio

0

O Governo de Minas Gerais, por meio da Codemig Participações S/A (Codepar), celebrou contrato para compra de 33% das ações da Companhia Brasileira de Lítio (CBL). A operação está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A CBL, que tem mais de 1,3 milhão de toneladas de reservas certificadas de espodumênio, é a única empresa brasileira produtora de carbonato e hidróxido de lítio. A companhia conta com unidade de mineração em Araçuaí e planta de processamento químico em Divisa Alegre, ambos os municípios localizados no Território Médio e Baixo Jequitinhonha.

Com essa aquisição, a Codepar confirma a estratégia do Governo de Minas Gerais de diversificar a economia do estado e reduzir as desigualdades sociais, investindo em todos os elos das cadeias de valor dos materiais portadores do futuro.

A participação da Codepar no capital da CBL assegura seu crescimento, combinada com o aporte do Fundo Aerotec no capital da empresa Oxis Energy ? cuja unidade de produção de células de bateria de lítio-enxofre (Li-S) está prevista para ser instalada na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Além disso, permite a Minas Gerais criar uma plataforma industrial robusta e integrada, capaz de sustentar o desenvolvimento das mais avançadas soluções de armazenamento de energia para os nascentes mercados de mobilidade elétrica e geração distribuída.

O lítio é um metal conhecido como “petróleo branco”, cuja demanda global tem aumentado, para a produção de itens de alta tecnologia. É altamente procurado, por exemplo, pela sua aplicação em baterias. Com o investimento, o Governo de Minas Gerais evidencia seu alinhamento estratégico em prol da inovação, do desenvolvimento e da competitividade do estado no cenário internacional.

Codepar e FIP Aerotec

A Codepar é uma subsidiária integral da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge) dedicada a participar minoritariamente de empreendimentos em parceria com o setor privado.

Aerotec é um fundo de investimento em participações (FIP), criado pela Codepar para investir em empresas dos setores aeroespacial, defesa e novos materiais que apresentem alto potencial de crescimento, além de faturamento bruto anual de até R$ 200 milhões e sede social ou atuação relevante no território mineiro. O FIP Aerotec é gerido pela Confrapar e abrange distintos empreendimentos, como as empresas Altave, Flapper e Oxis Energy.

CBL e Oxis Energy

A Companhia Brasileira de Lítio é uma sociedade anônima de capital fechado, fundada em 1986. Além das plantas de beneficiamento nos municípios mineiros de Divisa Alegre e Araçuaí, a empresa possui escritório em São Paulo. A CBL emprega cerca de 310 colaboradores, sendo 300 em Minas Gerais.

Por sua vez, a Oxis Energy é uma empresa britânica de tecnologia focada no desenvolvimento e fabricação de células de baterias de lítio-enxofre. O aporte do FIP Aerotec na Oxis Energy representa uma participação em torno de 10% no capital da empresa. A Oxis Energy criou a Oxis Brasil, cuja sede está instalada na RMBH.

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: Agência Minas)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.