Filho mata pai a facadas no município de Mantena, no Vale do Rio Doce

0
Semana do Empreendedorismo Sebrae Nanuque

Um homem de 53 anos foi morto a facadas pelo filho, de 19, no Distrito de Barra do Ariranha, em Mantena, na noite de segunda-feira (12/03/2018). De acordo com informações da Polícia Militar (PM), após esfaquear o pai, o jovem ligou para a polícia e confessou o crime. Ele foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia. Silvani Cristino de Souza foi atingido no braço e pescoço.

O suspeito contou aos policias que passou o dia consumindo bebida alcoólica com o pai e que eles começaram a brigar após um desentendimento. O jovem disse ainda que antes de cometer o crime, foi agredido com socos e chutes, e atingido com um golpe de faca de raspão na barriga.

O criminoso não conseguiu explicar a causa da briga, mas disse ter sido por motivo fútil. Quando os policiais chegaram ao imóvel, o pai já estava sem vida. O corpo de Silvani foi removido para o Instituto Médico-Legal (IML) de Governador Valadares, na mesma região.

O jovem foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil. As facas foram apreendidas.

Jovem chegou a pedir para ser preso e assumiu ter matado o pai (Foto: Informe Leste)

Relacionamento com o pai

Além de contar detalhes do crime à Polícia Civil, o jovem revelou que não tinha bom relacionamento com o pai e que é usuário de drogas. No histórico criminal do suspeito, constam registros de furto e posse ilegal de arma.

“Ele foi ouvido e disse que passou o dia com o pai bebendo. No fim da noite o pai teria apontado uma faca pra ele e o ameaçado durante uma discussão. Aí ele pegou uma faca maior, deu duas facadas e deixou o objeto cravado no pescoço do pai”, explicou o delegado responsável pela delegacia da Polícia Civil de Mantena, Yure da Mota.

Ao delegado, o filho disse que se mudou para a casa do pai há cinco dias. “Ele me disse que morou nas ruas em Belo Horizonte porque era usuário de drogas e que o padrasto não aceita e o expulsou de casa. Mesmo não tendo relacionamento com o pai, ele se mudou para Mantena por não ter para onde ir”, informou Yure da Mota.

O jovem foi encaminhado ao presídio de Mantena e autuado por homicídio qualificado. Apurações iniciais no histórico criminal do suspeito apresentam registros de prisões por furto no Espírito Santo, já maior de idade.

Ainda na adolescência, segundo a Polícia Civil, o jovem foi apreendido por posse ilegal de arma em Belo Horizonte.

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: G1 Vales, O Tempo e Estado de Minas)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.