Home / Leste de Minas / Prefeitura de Governador Valadares decreta estado de calamidade financeira na área da saúde

Prefeitura de Governador Valadares decreta estado de calamidade financeira na área da saúde

A Prefeitura de Governador Valadares decretou estado de calamidade financeira na área da saúde do município. O motivo, segundo o Executivo, é a falta de repasses de verbas do Governo do Estado que ajudavam no custeio e manutenção da secretaria municipal de Saúde e que foram paralisadas desde março de 2017.

Segundo a prefeitura, os repasses em atrasos somam mais de R$ 43 milhões. A medida tomada faz com que a administração municipal suspenda gastos direcionados ao setor, obrigando o Governo do Estado a repassar ao município, o que é de sua competência. O decreto tem prazo de 120 dias e pode ser prorrogado caso a situação não seja resolvida.

O decreto foi assinado pelo prefeito André Merlo (PSDB) na quinta-feira (8) e divulgado nesta sexta (9).

Resposta do Estado

A secretaria estadual de Saúde (SES) informou, por meio de nota, que os repasses não estão sendo realizados devido a um déficit financeiro decorrente do aumento de despesas e pela insuficiência de receita. Ainda segundo o órgão, desde dezembro de 2016 o estado de Minas Gerais também declarou ao Governo Federal calamidade financeira e que aguarda os repasses.

Decreto

Leia a nota divulgada pela Prefeitura:

O prefeito André Merlo decretou na última quinta-feira (08/03/2018) Estado de Calamidade Financeira na área da saúde do Município de Governador Valadares por conta da falta de repasses de verbas para custeio e manutenção da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) desde de março de 2017 pelo governo do Estado.

A medida tomada pela Administração Municipal suspende os gastos que a Prefeitura tem direcionado ao setor, obrigando, assim, o governo estadual a repassar o que é de sua competência. O decreto tem prazo de 120 dias e pode ser prorrogado caso a situação não seja resolvida.

Governador Valadares vive hoje um enorme desafio e não tem medido esforços para promover e oferecer saúde a toda comunidade com recursos próprios para custeio, manutenção e gastos com insumos. A dívida do governo estadual para com o Município é de R$ 43.767.591,96 milhões e cerca de R$ 15 milhões com Hospital Municipal pelo PROHOSP.

Clique aqui e confira o Decreto.

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: G1 Vales e Prefeitura de Governador Valadares)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>