16 de dezembro de 2017 - 1:37
Home / Minas Gerais / Agricultores familiares de Minas Gerais ganham reforço de mais de 450 toneladas de sementes para plantio

Agricultores familiares de Minas Gerais ganham reforço de mais de 450 toneladas de sementes para plantio

O Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene) iniciou a entrega de 450 toneladas de sementes de milho, sorgo e feijão aos pequenos produtores rurais dos 258 municípios que compõem a área de atuação do sistema Sedinor/Idene.

O investimento para a compra das sementes foi de mais de R$ 4,6 milhões e a entrega será concluída até o final deste mês, beneficiando cerca de 50 mil agricultores. A distribuição de sementes faz parte da ação de Apoio à Agricultura Familiar, do programa de Desenvolvimento do Norte e Nordeste, coordenado pelo instituto.

Segundo o diretor-geral do Idene, Gustavo Xavier, a iniciativa tem o objetivo de fomentar à produção e fortalecer da agricultura familiar, além de incentivar a produção de alimentos para o consumo humano e animal neste período de chuvas.

“Esta é uma ação muito importante, para que os produtores tenham condições de recuperar um pouco dos prejuízos causados pela seca dos últimos anos. Cada produtor receberá em média dez quilos de milho, sorgo ou feijão, que são suficientes para plantar aproximadamente um hectare”, afirma.

As sementes já estão disponíveis nos escritórios regionais do Idene, localizados nas cidades de Araçuaí, Chapada Gaúcha, Diamantina, Montes Claros, Janaúba, Januária, Jequitinhonha, Salinas, Teófilo Otoni e Governador Valadares. A entrega aos agricultores familiares será feita pelas prefeituras e sindicatos, que por meio de Termo de Compromisso assumiram a responsabilidade pela orientação técnica, acompanhamento da produção e prestação de contas.

Também foi firmado um acordo com o programa Semente Presente, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese), por meio do qual o Idene disponibilizará 1081 sacos de sementes. O conteúdo será distribuído para famílias que encontram-se com alta vulnerabilidade alimentar e que residem em 13 municípios, sendo 12 do Vale do Rio Doce e um em do Vale do Jequitinhonha.

Para ter acesso ao benefício, a prefeitura ou o sindicato deve entregar a documentação exigida em um dos 11 escritórios regionais do Idene, constando: plano de trabalho, recibo coletivo e, quando necessário, o recibo individual dos beneficiários. A lista dos documentos pode ser acessada em www.sedinor.mg.gov.br, no link Downloads.

Produtores comemoram a chegada das sementes (Foto: Laura Murta/Agência Minas)

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: Agência Minas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>