Home / Brasil / Confira como votou cada deputado de Minas Gerais na sessão que arquivou a segunda denúncia contra Michel Temer

Confira como votou cada deputado de Minas Gerais na sessão que arquivou a segunda denúncia contra Michel Temer

Assim como aconteceu na votação da primeira denúncia contra o presidente Michel Temer, em agosto deste ano, a maioria da bancada mineira na Câmara dos Deputados seguiu a maior parte dos colegas de plenário e optou novamente pelo arquivamento da acusação contra o chefe do Executivo Nacional e os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Secretária-geral da Presidência, Moreira Franco.

Dos 53 parlamentares que representam Minas Gerais na Câmara, 32 votaram ‘sim’, a favor do relatório do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) para barrar a denúncia contra Temer e os ministros. Outros 19 disseram ‘não’ se posicionando favoráveis ao encaminhamento da acusação para o Supremo Tribunal Federal. Houve ainda uma abstenção e uma ausência.

O placar foi bem parecido com a sessão que rejeitou a primeira acusação, em agosto. Na ocasião, foram 33 votos a favor do governo, ou seja, pelo arquivamento da denúncia, contra 18 que pediram pela continuidade do processo. Assim como nesta quarta-feira, na primeira votação um parlamentar se absteve e outro não compareceu à votação.

Apenas um parlamentar mudou de voto: o deputado Jaime Martins (PSD) que, antes, havia votado a favor do presidente e nesta quarta-feira votou contra. O deputado Mário Heringer (PDT) faltou à sessão por causa de um problema de saúde, e Rodrigo Pacheco (PMDB) alegou que, como presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, não votaria para manter a isenção, como fez na primeira votação. Já Eduardo Barbosa (PSDB), que havia se ausentado em agosto, votou nesta quarta pelo prosseguimento da denúncia.

Com a nova vitória de Temer, a denúncia apresentada por Rodrigo Janot quando ocupava o cargo de procurador-geral da República foi barrada no plenário da Casa e não será encaminhada ao Supremo Tribunal Federal.

Temer foi denunciado pelo então procurador-geral da República em 14 de setembro por formação de quadrilha e obstrução de justiça. Já os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco eram acusados somente por organização criminosa.

Veja como votou cada deputado mineiro na sessão desta quarta-feira:

NÃO (pelo prosseguimento da denúncia) – 19
- Adelmo Carneiro Leão (PT) – não
- Eduardo Barbosa (PSDB) – não
- Eros Biondini (Pros) – não
- Gabriel Guimarães (PT) – não
- George Hilton (Pros) – não
- Jaime Martins (PSD) – não
- Jô Moraes (PCdoB) – não
- Júlio Delgado (PSB) – não
- Laudivio Carvalho (SD) – não
- Leonardo Monteiro (PT) – não
- Lincoln Portela (PRB) – não
- Marcelo Álvaro Antônio (PR) – não
- Margarida Salomão (PT) – não
- Padre João (PT) – não
- Patrus Ananias (PT) – não
- Reginaldo Lopes (PT) – não
- Stefano Aguiar (PSD) – não
- Subtenente Gonzaga (PDT) – não
- Weliton Prado (Pros) – não

SIM (pelo arquivamento da denúncia) – 32
- Ademir Camilo (Podemos) – sim
- Aelton Freitas (PR) – sim
- Bilac Pinto (PR) – sim
- Bonifácio de Andrada (PSDB) – sim
- Brunny (PR) – sim
- Caio Narcio (PSDB) – sim
- Carlos Melles (DEM) – sim
- Dâmina Pereira (PSL) – sim
- Delegado Edson Moreira (PR) – sim
- Diego Andrade (PSD) – sim
- Dimas Fabiano (PP) – sim
- Domingos Sávio (PSDB) – sim
- Fábio Ramalho (PMDB) – sim
- Franklin (PP) – sim
- Leonardo Quintão (PMDB) – sim
- Luis Tibé (Avante) – sim
- Luiz Fernando Faria (PP) – sim
- Marcelo Aro (PHS) – sim
- Marcos Montes (PSD) – sim
- Marcus Pestana (PSDB) – sim
- Mauro Lopes (PMDB) – sim
- Misael Varella (DEM) – sim
- Newton Cardoso Jr (PMDB) – sim
- Paulo Abi-Ackel (PSDB) – sim
- Raquel Muniz (PSD) – sim
- Renato Andrade (PP) – sim
- Renzo Braz (PP) – sim
- Rodrigo de Castro (PSDB) – sim
- Saraiva Felipe (PMDB) – sim
- Tenente Lúcio (PSB) – sim
- Toninho Pinheiro (PP) – sim
- Zé Silva (SD) – sim

AUSENTE – 1
- Mário Heringer (PDT)

ABSTENÇÃO – 1
- Rodrigo Pacheco (PMDB)

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: Rádio Itatiaia)

2 Comentários

  1. Vergonha total esse representante que votaram sim, fiquei triste,sem chao pensaram em sim mesmo ,mesmo discurso pareçe que foram comprados subordinados,e eu votei em alguns desses,pensaram no conselho do partido, mas eles estao la porque. Nos o colocamos e min envergonhou muito , mas vamos lembrar na proxima eleiçao estarei atenta a voçes que votarm sim!voçes representa o brasil e “sim” a corrupçao!

  2. Por isso que tem que fica de olhos aberto pra o ano que vem não volta em nenhum desses que voltou contra a minha e a sua aposentadoria. Por tds eles vai fazer o favor de acaba com nos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>