Campanha busca ajudar familiares e vítimas do ataque em creche de Janaúba

0

Uma conta bancária oficial foi criada para a campanha que visa ajudar as vítimas do ataque a uma creche, ocorrido em Janaúba, no Norte de Minas, nesta quinta-feira (5/10/2017), que deixou várias pessoas, entre elas crianças, mortas e feridas.

A iniciativa foi tomada após uma reunião entre representantes do Ministério Público Estadual e autoridades do município. A conta foi criada em nome de SOS Creche Gente Inocente e vai ser administrada pela secretária de saúde da cidade, que acompanha os desdobramentos do ocorrido.

Os valores depositados na conta serão destinados às famílias das vítimas, aos hospitais que estão recebendo os feridos e ainda para a reconstituição da creche. Outras informações sobre doações pelo telefone (38) 3821-1011.

Dados bancários
Banco: Banco do Brasil
Conta: 600-9
Agência: 0935-0
CNPJ: 15.462.027/0001-73
VER PRIMEIRO

Prédio de creche é interditado

Uma vistoria do Corpo de Bombeiros feita nesta sexta-feira (6) no Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, em Janaúba (MG), apontou que o local não tinha extintores nem faixas sinalizadoras. Segundo os bombeiros, após o ataque, o prédio apresentou grande instabilidade e, por isso, foi interditado.

“O que se pode verificar foi que [a creche] não possuía meios preventivos; que são os extintores e faixas sinalizadoras. Nesta vistoria, verificou-se também que as instalações da creche apresentam instabilidade com risco de desabamentos, por isso a interdição”, explicou o coronel Waldeci Gouvea.

O delegado Bruno Fernandes também afirma que, durante a perícia realizada no local, não foram localizados extintores.

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: G1 Grande Minas)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.