Avião da Polícia Militar apresenta pane quando fazia transporte de órgãos de Diamantina para Montes Claros

0
Semana do Empreendedorismo Sebrae Nanuque

Uma ação rápida evitou a perda de órgãos destinados à transplantes em pacientes em Montes Claros (MG), nesta segunda-feira (25). Uma equipe da 3ª Corpaer, da Polícia Militar, foi acionada para fazer o translado dos órgãos da cidade de Diamantina até o Norte de Minas, mas a aeronave apresentou problemas logo após levantar voo com os órgãos; um fígado, dois rins e duas córneas.

“Nosso helicóptero apresentou, aos cinco minutos de voo, uma baixa pressão no óleo do motor e isso é uma pane crítica, que pode fazer a aeronave cair. Assim que percebemos o problema, retornamos ao aeroporto”, explica o tenente Carlos Miranda.

A partir daí, uma corrida se iniciou para que os órgãos chegassem a tempo hábil em Montes Claros. “Tivemos que tomar a decisão muito rápida, pois sabemos que os órgãos têm tempo restrito para ficar fora do corpo humano. Então, chegou um avião de uma empresa mineradora e explicamos ao proprietário a importância de se fazer o transporte rápido. Ele prontamente atendeu o pedido. Foi o que salvou os órgãos; em 20 minutos a equipe médica, juntamento com os órgãos, já estavam pegando voo novamente”, explica o tenente

De acordo com o coordenador de transplantes do MG Transplantes em Montes Claros, o médico Luiz Fernando Veloso, a cirurgia para implantar o fígado será realizada na tarde desta segunda. “Foi importante e louvável a tomada de decisão da empresa em emprestar a aeronave. Estes órgãos serão destinados a três pacientes de Montes Claros. O fígado será para um paciente de 66 anos, e os rins e as córneas irão para o banco de órgãos”, explica.

Aeronave da PM retornou à Diamantina (Foto: 3ª Corpaer/Divulgação)

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: G1 Grande Minas)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.