Governador Valadares realiza casamentos coletivos

0
Semana do Empreendedorismo Sebrae Nanuque

Casais que vivem em união estável, às vezes já com filhos e até mesmo netos, encontram, por meio dos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejuscs), do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), a oportunidade de se casar e regularizar sua situação jurídica, sem ter que pagar nada por isso. Foi o que aconteceu, no último sábado, 22 de julho, com 65 casais moradores dos bairros Turmalina e Fraternidade, na periferia de Governador Valadares.

A iniciativa é do setor de cidadania do Cejusc de Governador Valadares, cujo coordenador, juiz Roberto Apolinário, é envolvido com a realização de casamentos coletivos desde 2002, quando eles eram promovidos pelos Juizados de Conciliação. De acordo com o magistrado, nesse período de 15 anos, mais de 10 mil casais foram beneficiados com a realização desses eventos.

O juiz Roberto Apolinário diz que, pelo menos uma vez por mês, o centro judiciário de Governador Valadares realiza casamentos comunitários, que podem acontecer na sede da comarca ou em municípios mais distantes, por meio do Cejusc Itinerante, que leva as atividades jurídicas a localidades com baixo índice de desenvolvimento humano (IDH).

Cejuscs

Os Cejuscs são espaços do Judiciário que apostam no diálogo como a principal ferramenta para a solução de conflitos. Neles, concentram-se as audiências de mediação e conciliação, pré-processuais (antes de o conflito se tornar um processo na Justiça) e processuais (em qualquer fase da ação judicial). Quando as partes chegam a um acordo, este é homologado pelo juiz responsável pela unidade e passa a ter valor de sentença.

O Cejusc abriga também o setor de cidadania, responsável pela realização dos casamentos coletivos e que oferece orientações e informações aos cidadãos. A Resolução 661/2011 do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) prevê a criação dos Cejuscs em todas as comarcas do estado. A coordenação dos centros judiciários, bem como do programa Justiça Itinerante, fica a cargo da 3ª Vice-Presidência do TJMG, por meio da Assessoria da Gestão da Inovação (Agin). Os Cejuscs já são mais de cem unidades em Minas.

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fotos e informações do TJMG)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.