Home / Norte de Minas / Quadrilha cerca casas de militares para explodir banco em Matias Cardoso, no Norte de Minas

Quadrilha cerca casas de militares para explodir banco em Matias Cardoso, no Norte de Minas

Menos de 24 horas após a ação de uma quadrilha de roubo a banco terminar com um policial e um vigilante mortos em Santa Margarida, na Zona da Mata, bandidos invadiram na madrugada desta terça-feira (11/07/2017) a cidade de Matias Cardoso, no Norte do Estado, para explodir um caixa eletrônico. Para isso, os suspeitos atiraram contra o quartel da Polícia Militar (PM) e chegaram a cercar até mesmo as casas de policiais.

Segundo as informações da PM do município, que tem cerca de 10 mil habitantes, a quadrilha chegou em dois veículos – uma caminhonete e um carro de passeio – por volta de 0h30. Testemunhas apontaram que seriam aproximadamente dez suspeitos, todos eles fortemente armados.

Enquanto parte do bando se direcionou à agência do Bradesco, que fica na praça da Igreja Matriz, os outros foram até a sede do quartel da PM, efetuando diversos disparos de fuzil no local. Foram recolhidas cápsulas do calibre 556. Felizmente não havia nenhum militar dentro da unidade policial no momento do ataque.

O sargento Júlio César, comandante do policiamento no município, conta que ele e outros três militares que vivem na cidade tiveram suas casas cercadas, o que leva a crer que os suspeitos chegaram a vigiar a rotina dos agentes.

“A cidade é pacata, então a gente se recolhe depois de meia-noite. Na noite anterior conversei com senhor que mora ao lado do banco e é responsável por trancar a grade que existe na entrada. Assim que começou a ação esse homem me ligou para contar, e imediatamente liguei para o outro militar que mora a poucos metros do banco”, detalha.

Enquanto avisava o PM sobre a situação, o sargento ouviu a primeira explosão pelo telefone. “Falei para ele não sair de casa pois tinham parado um carro na porta da casa dele, e quando fui ver tinha também em frente à minha. Depois que passou, soubemos que tinha um suspeito armado de fuzil na porta de um terceiro policial e, também, em frente à casa de um PM que trabalha em Manga, mas vive aqui”, detalhou César.

Os criminosos explodiram a agência do Bradesco (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Informações privilegiadas

No dia anterior à explosão, o caixa eletrônico do Bradesco havia acabado de ser reabastecido, já que geralmente no dia 10 o pagamento dos funcionários da Prefeitura é feito. “Eles sabiam que teria dinheiro, e conseguiram levar as gavetas. Ainda não sabemos qual o valor levado”, explica o sargento.

Ainda de acordo com a PM, esta é a primeira vez que Matias Cardoso foi alvo deste tipo de ação. Por se tratar de uma cidade muito tranquila, não acostumada com a violência vivida nesta madrugada, a população está bastante assustada.

Os criminosos explodiram a agência do Bradesco (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Os criminosos explodiram a agência do Bradesco (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Os criminosos explodiram a agência do Bradesco (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: O Tempo / Repórter: José Vítor Camilo)

1 Comentário

  1. O Quartel do Exercito em Montes Claros, está desativado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>