Home / Norte de Minas / IML de Montes Claros libera corpos das vítimas de tragédia com ônibus na BR-251

IML de Montes Claros libera corpos das vítimas de tragédia com ônibus na BR-251

Os dez corpos das vítimas do acidente com o ônibus na BR-251, em Salinas, e que foram levados para o Instituto Médico Legal de Montes Claros, foram reconhecidos e começaram a ser liberados na tarde desta terça-feira (20). A décima primeira vítima morreu no hospital de Salinas e o corpo foi levado pela família para a Bahia. O coletivo saiu de São Paulo e seguia para Euclides da Cunha (BA).

Dois corpos foram reconhecidos na manhã desta terça-feira através de impressão digital. Familiares das demais vítimas foram ao IML para ajudar no reconhecimento dos outros oito corpos; eles tiveram ainda que ir à Delegacia de Plantão para providenciar a Guia de Necropsia, que atesta o óbito.

José Clayton Silva Macedo perdeu três familiares no acidente; a irmã Maria Neuza Silva Macedo, o cunhado Davir Silva e uma sobrinha criança. “Minha irmã fazia tratamento há três meses em São Paulo. Estava muito feliz porque estava voltando para a terra natal. Infelizmente, ela, o esposo e uma filha vieram a falecer. Tem ainda uma filha dela, de 14 anos que permanece internada em Salinas com fratura exposta nas pernas”.

Quatros pessoas seguem internadas em hospitais de Montes Claros região; uma mulher de 50 anos continua em estado grave na Santa Casa. Os outros passageiros do ônibus tiveram ferimentos leves, foram atendidos no hospital de Salinas, mas já seguiram viagem para Euclides da Cunha em um veículo fretado pelo dono do ônibus envolvido no acidente.

O motorista que dirigia o ônibus fugiu do local logo após o acidente e ainda não foi encontrado. Marcio Dantas, proprietário do ônibus, também teve de comparecer ao IML para ajudar no reconhecimento das vítimas. Questionado sobre a regularidade do veículo, ele preferiu não responder, mas afirmou não ter notícias do motorista do ônibus. “Realmente não sei”.

Marcio Dantas havia se apresentado na delegacia na segunda-feira (19), foi ouvido e liberado. A Polícia Civil instaurou um inquérito para investigar as causas do acidente e deve ser concluído em até 30 dias, de acordo com o delegado José Eduardo Santos.

Lista de óbitos

- Adrielle Silva de Santana – 20 anos
- Ana Letícia Alves da Silva – dois meses
- Davir Morais da Silva – 40 anos
- Erica Dantas de Oliveira – 25 anos
- Franciele Macedo Silva – sete anos
- Jéssica Pereira da Silva – 26 anos
- José Manoel da Conceição Souza – 32 anos
- Maria Neusa Silva – 49 anos
- Raimundo Lourenço de Macedo – 72 anos
- Wilson Pereira dos Santos – 21 anos

Acidente aconteceu na BR-251, em Salinas (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Ônibus irregular

A Polícia Rodoviária Federal suspeita de excesso de velocidade, mas a informação não pode ser confirmada porque o tacógrafo encontrado no veículo estava vencido. O ônibus está apreendido em um pátio da Polícia Civil, em Salinas.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informou que o ônibus pertence a empresa MJ Turismo, que está proibida de transportar pessoas até 2018. “Com relação a empresa MJ Turismo, desde fevereiro de 2015 a ANTT declarou a empresa inidônea de realizar transporte de passageiros pelo período de três anos”, informou a agência em nota.

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Com informações do G1 Grande Minas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>