Arma de policial militar dispara acidentalmente e mata criança em Virgolândia, no Vale do Rio Doce

1

Um sargento da Polícia Militar de Virgolândia, a 90 quilômetros de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, matou acidentalmente o filho de 10 meses com um tiro na barriga quando manuseava sua pistola ponto 40. O disparo foi na casa dele, no Centro daquela cidade. O tiro também atingiu a mão direita do militar, que está transtornado com a morte do filho e recebe apoio psicológico.

O acidente foi na tarde de sexta-feira. O sargento, de 35 anos, estava escalado para assumir o serviço às 13h para viajar para Governador Valadares, onde participaria de uma diligência, segundo consta no boletim de ocorrência. Depois de pegar a arma no quartel, o PM recebeu um telefonema de um militar superior dispensando-o da viagem.

O sargento foi para casa com a arma, uma vez que teria que assumir o seu turno normal, às 16h. Em casa, ele verificava as condições de uso da pistola e houve o disparo acidental. Pai e filho foram socorridos em uma unidade médica da cidade. Em seguida, foram transferidos para o Hospital Municipal de Governador Valadares, onde a criança morreu horas depois.

A arma e o estojo do cartucho deflagrado foram recolhidos para perícia. Segundo a PM, foi dada voz de prisão ao sargento para atender formalidades legais. O militar, ainda de acordo com a PM, não estava em condições psicológicas para prestar depoimento à delegada da cidade, responsável pela investigação, e deverá se apresentar depois. O local do acidente foi periciado.

Nota da 8ª RPM

A 8ª Região da Polícia Militar lamenta o fato ocorrido no município de Virgolândia envolvendo um policial militar e seu filho e se solidariza com a família. Esclarece ainda que ambos foram socorridos para o Hospital Municipal de Governador Valadares, aonde a criança veio a óbito. A ocorrência foi encaminhada para a autoridade de Polícia Judiciária daquele município, que instaurará inquérito policial para o esclarecimento dos fatos.

José Vitor foi atingido na barriga e morreu no hospital (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: Hoje em Dia)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.