Governo de Minas homenageia Nelson Mandela no Dia de Tiradentes

0

O maior homenageado da Medalha da Inconfidência 2017 com o Grande Colar foi, in memoriam, o ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela. Representado pelo embaixador da África do Sul no Brasil, Ntshikiwane Joseph Mashimbye, ele foi lembrado como exemplo da “encarnação do poder do amor e da esperança” para a humanidade. Em discurso durante a solenidade, Mashimbye se disse honrado em receber a honraria em nome de um líder tão aclamado em seu país.

“Este prêmio simboliza liberdade, igualdade e justiça. Esses foram de fato os valores que Nelson Mandela apoiou, visto que ele foi e permanece sendo a encarnação do poder do amor e esperança. Ele acreditava no poder do perdão. Ele tinha fé e confiança na capacidade de seu povo de realizar o sonho de uma África do Sul livre, unida e próspera”, afirmou o embaixador, agradecendo “ao governador e ao povo de Minas Gerais pelo convite que me foi feito para representar meu país e o povo da África do Sul nesta ocasião auspiciosa”.

Mandela foi um ativista político que se destacou pela capacidade de diálogo, pelo poder de agregação e luta incessante pela justiça social, a democracia e a igualdade de direitos. Símbolo da luta contra o apartheid, regime que segregava os negros, a quem não era reconhecida a maioria dos direitos políticos, econômicos e sociais, na África do Sul, ficou preso durante 27 anos. Sua libertação foi objeto de intensa campanha internacional, tornando-se, em 1994, o primeiro presidente negro da história de seu país.

Prêmio Nobel da Paz, em 1993, honraria que dividiu com o presidente Frederik Willem de Klerk, recebeu as mais altas condecorações, entre elas, a Ordem de St. John, da Rainha Elizabeth II, a Medalha da Liberdade, de George W. Bush, o Bharat Ratna, a mais alta distinção da Índia, e a Ordem do Canadá.

Em 2010, a Organização das Nações Unidas (ONU) tornou o 18 de julho (data de seu nascimento em1918) Dia Internacional Nelson Mandela, como forma de valorizar em todo o mundo a luta pela liberdade, pela justiça e pela democracia. Morreu em dezembro de 2013.

O embaixador da África do Sul citou ainda a preocupação de Mandela com os princípios “de equidade, justiça, coesão e inclusividade na governança”, o que o tornou “um excepcional líder transformador e visionário, dotado de qualidades únicas e admiráveis e que mantinha seus valores fortes”.

“Sua visão de liberdade para todos sem distinção continua ressoando verdadeira. Ele visualizou uma África do Sul na qual todos os seus cidadãos desfrutariam de direitos iguais – uma África do Sul que é não-racial e não sexista, pertence a todos os que nela vivem”, destacou.

“Assim devemos nós também proceder. A ocasião de hoje nos dá a oportunidade de lembrar a nós mesmos que todos nós temos dentro de nós a possibilidade de viver de acordo com seu legado”, completou Mashimbye.

Por fim, o embaixador citou a honra sentida por ele em representar a África do Sul durante evento que marca a comemoração da vida e dos tempos de Joaquim José da Silva Xavier. “Tiradentes, durante sua vida, tornou-se o pioneiro do que hoje é conhecido como a República Federativa do Brasil. Agora, em sua morte, ele é a inspiração para a liberdade, justiça, igualdade e dignidade humana”, finalizou.

Mandela foi representado pelo embaixador Mashimbye (Foto: Manoel Marques/Imprensa MG)

Agraciados

Criada em 1952 pelo governador Juscelino Kubitscheck, a Medalha da Inconfidência possui quatro designações: Grande Colar, Grande Medalha, Medalha de Honra e Medalha da Inconfidência. Entre os homenageados deste ano estão governadores de estado, parlamentares, magistrados, artistas, professores, militares, juristas, médicos, advogados, gestores públicos, historiadores, religiosos, esportistas e empresários.

Agraciado com a Grande Medalha, Marcio Heli de Andrade, Procurador-Geral da Justiça Adjunto Jurídico do Ministério Público de Minas Gerais, reforçou a necessidade de mais pessoas trabalharem em torno de grandes ideais como Nelson Mandela, que pregava a paz.

“Receber uma medalha é sempre uma grande honra para qualquer pessoa. Eu tenho um enorme prazer em estar aqui e ser homenageado, especialmente pelo povo de Minas Gerais. Me sinto muito honrado em receber a medalha no mesmo dia em que o Nelson Mandela também é homenageado, pois ele foi um grande homem que lutou bravamente pelo povo da África e atingiu um nível de reconhecimento mundial”.

Para o ator e humorista Saulo Laranjeira, que recebeu a Medalha de Honra, o reconhecimento neste dia 21 de abril reforça a cena cultural em Minas Gerais e valoriza a atuação do corpo cênico no Estado.

“É um reconhecimento que justifica a nossa luta, nosso compromisso com o Estado. Quando eu estava vindo para cá, passou um filme na minha cabeça, de como eu cheguei até aqui, minhas idas nos sertões, viajando pelo interior, plantando meu trabalho e minhas ideias. Isso é uma coisa que a faz a gente se emocionar bastante. É uma homenagem que faz a gente pensar na nossa história, e justifica todo esse tempo que a gente se doou para colaborar com a emoção que o meu trabalho conta, com a música e com o humor. Quanta gente por esse Minas Gerais já me abraçou, já agradeceu e hoje é mais um reconhecimento”, afirmou.

Para o técnico do Cruzeiro, Mano Menezes, a relevância da entrega da medalha vai além de um ato simbólico, servindo de inspiração para outras pessoas. “Me sinto muito contente, muito orgulhoso em receber essa honraria que foi dada a tantas personalidades tão grandes, que servem como uma referência. Você olhar para trás, ver nas pessoas que fizeram algo pelo país e pelo mundo, como é o caso do Nelson Mandela, que tentaram mudar o momento que a gente vive hoje”, acredita.

Homenagens às mulheres

Para a atriz Inês Peixoto, do Grupo Galpão, que recebeu a Medalha de Honra, a homenagem teve um significado especial. “Eu me sinto honrada como mulher, como atriz e como representante das artes cênicas de Minas Gerais. Eu acho muito importante esse reconhecimento porque quanto a gente faz um trabalho como o meu, eu não estou aqui sozinha eu estou representando várias pessoas. Para nós mulheres, nesse momento que a gente está vivendo é muito importante sermos lembradas. Ser lembrada como mulher, atriz”, afirmou.

Para a vereadora de Belo Horizonte, Áurea Carolina de Freitas e Silva, agraciada com a Medalha da Inconfidência, a ideia é que mais mulheres possam ter sua atuação reconhecida, independentemente do seu campo de atuação.

“Minha atuação hoje nesse evento é de grande importância, pois ela vem da representatividade das mulheres negras, de luta na política. Nelson Mandela é a grande referência, como enfrentamento ao racismo e todas as formas de resistência contra a opressão. O reconhecimento hoje, aqui, é a afirmação dessa postura de compromisso com a democracia”.

Para a cantora Fernanda Takai, é importante a valorização feminina em todos os setores, principalmente junto à arte e a cultura do Estado. “Fazer parte do panorama da cultura de Minas Gerais e ser lembrada com essa medalha é um sentimento muito bom de realização. Através da arte a gente encontra muita saídas paras as coisas que estão sem caminho. Além do entretenimento, das músicas e das letras a gente também trabalha com a questão da cidadania de postura social. E nessa medalha com certeza nos lembramos disso, das nossas atitudes como cidadã”, reforçou.

De acordo com a Constituição do Estado, no 21 de abril, a capital de Minas Gerais é transferida simbolicamente para Ouro Preto, que foi a capital do Estado de 1823 até 1897.

O governador Fernando Pimentel foi recebido com honras militares. Em seguida, pôs flores no monumento a Tiradentes e recebeu o fogo simbólico, acendendo a Pira da Liberdade. Houve também salva de 21 tiros. O hino nacional do Brasil foi executado pela Orquestra Sinfônica da Polícia Militar de Minas Gerais.

Lista de agraciados

Grande Colar

Nelson Mandela, in memoriam – ex-presidente da África do Sul

 

Grande Medalha

Adriana Branco Cerqueira – Secretária Municipal de Assuntos Institucionais Prefeitura de Belo Horizonte

Agostinho Célio Andrade Patrus – Deputado Estadual

Alencar Magalhães da Silveira Júnior –  Deputado Estadual

André Quintão Silva – Deputado Estadual

Antônio Sérgio Tonet – Procurador-Geral de Justiça do Estado de Minas Gerais

Benito Mussolini Barreto – Escritor

Camilo Santana – Governador do Ceará

Carlos André Alcântara Leite – Comandante da 4ª Brigada de Infantaria Leve

Cássio Antonio Ferreira Soares – Deputado Estadual

Cláudio Couto Terrão – Presidente do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais

Dalmo Roberto Ribeiro Silva – Deputado Estadual

Fábio Augusto Ramalho dos Santos – Deputado Federal

Fernanda Takai – Artista e cantora

Fernando Gomes de Morais – Jornalista e Escritor

Flávio Dino de Castro e Costa – Governador do Maranhão

Geraldo Augusto de Almeida – 1º Vice-presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Helbert Figueiró de Lourdes – Comandante-Geral da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais

Henrique Moraes Salvador Silva – Presidente da Rede Mater Dei de Saúde

Inácio Franco – Deputado Estadual

Jairo Carvalhais Câmara – Médico

João Octacílio Silva Neto – Chefe da Polícia Civil de Minas Gerais

José Eduardo Costa – Radialista

José Renan Vasconcelos Calheiros Filho – Governador de Alagoas

José Saraiva Felipe – Deputado Federal

Josué Christiano Gomes da Silva – Empresário

Júlio Ernesto de Grammont Machado de Araújo – Prefeito Municipal de Ouro Preto

Letícia Sabatella – Atriz

Luiz Antonio Venker Menezes – Técnico de futebol

Luiz Tadeu Martins Leite – Deputado Estadual

Márcio Heli de Andrade – Procurador-Geral de Justiça Adjunto Jurídico do Ministério Público de Minas Gerais

Marieta Severo – Atriz

Ntshikiwane Joseph Mashimbye – Embaixador da África do Sul

Paulo Sérgio Sadauskas – General de Brigada

Ricardo Vieira Coutinho – Governador da Paraíba

Rogério Correia de Moura Baptista – Deputado Estadual

Rui Chagas Mesquita – Major Brigadeiro do Ar

Rui Costa dos Santos – Governador da Bahia

Samuel Pinheiro Guimarães Neto – Diplomata

Sebastião Afonso Viana Macedo Neves – Governador do Acre

Wagner Moura – Ator

 

Medalha de Honra

Achiles de Jesus Siquara Filho – Procurador de Justiça do Estado da Bahia

Afonso Borges – Coordenador do Sempre um Papo

Alberto Diniz Júnior – Desembargador do TJMG

Alberto Henrique Costa de Oliveira – Desembargador do TJMG

Amauri Pinto Ferreira – Desembargador do TJMG

Andreia Aparecida Silva Donadon Leal – Artista Plástica

Antonio Carlos de Albuquerque – Economista

Antônio Oscar Pinheiro – Empresário

Camila Pitanga – Atriz

Carlos Alberto Ribeiro de Xavier – Economista

Carlos Roberto Siqueira de Barros – Presidente do Partido Socialista Brasileiro

Cássio Antônio dos Santos – Major PM

Christiane Neves Procópio Malard – Defensora Pública-Geral do Estado de Minas Gerais

Cleberson Pereira Santos – Coronel BM

Ederson Ferreira Ataíde – Tenente Coronel PM

Eduardo César Fortuna Grion – Desembargador do TJMG

Fabrício Macedo Motta – Procurador de Contas do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás

Francisco Donizeti da Silva – Coronel Aviador

Gedir Christian Rocha – Coronel PM

Gregório Byington Duvivier – Humorista

Heleno Rosa Portes – Procurador-Geral de Justiça Adjunto Administrativo do MPMG

Helvécio Ratton – Cineasta

Ivan Paulo de Sá – Coronel Intendente

Jair José Varão Pinto Júnior – Desembargador do TJMG

Joanna Maranhão – Nadadora do Minas Tênis Clube

Dom José Carlos Souza Campos – Bispo de Divinópolis

Joilson Fernandes Bittencourt – Major PM

José Eustáquio Rodrigues Alves – Prefeito de Patos de Minas

José Geraldo Saldanha da Fonseca – Desembargador do TJMG

José Murilo Silveira Pinto – Procurador de Justiça do MPMG

Juliano Cançado Dias – Tenente Coronel PM

Julio Cesar Alves Rolszt – Coronel EB

Junio César Doroteu – Superintendente de Recursos Humanos do MPMG

Kilder de Melo Silva – Empresário e Atleta

Laurence Alexandre Xavier Moreira – Coronel EB

Leonardo Carvalhar Maciel – Coronel PM

Lyssandro Norton Siqueira – Procurador do Estado

Maria Inês de Castro Peixoto – Atriz

Maurício Torres Soares – Desembargador do TJMG

Mauro Lúcio da Silva Júnior – Capitão PM

Mauro Lúcio de Moura Alves – Coronel PM

Onofre Alves Batista Júnior – Advogado-Geral do Estado

Paulo de Vasconcelos Júnior – Coronel PM

Paulo Fernando Cardoso Dias – Procurador do Estado

Paulo Rogério de Souza Abrantes – Juiz do TRE-MG

Peron Batista Silva Laignier – Major BM

Rafael Nazareth Menin Teixeira de Souza – Empresário

Ricardo Luiz Loureiro Signorini – Coronel EB

Ricardo Matos de Oliveira – Juiz Eleitoral do TRE-MG

Rodrigo Pederneiras – Coreógrafo

Samuel Rosa – Cantor

Saulo Laranjeira – Artista

Schubert Siqueira Campos – Coronel PM

Sergio Barboza Menezes – Secretário de Estado de Segurança Pública

Sinara Inácio Meireles Chenna – Presidente da Copasa

Valdecir Fernandes Pascoal – Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco

Valdênia Geralda de Carvalho – Diretora da Faculdade Dom Helder

Wallace Caetano Pio – Major PM

 

Medalha da Inconfidência

Adilon Cláver de Resende – Juiz

Aécio Guedes Soares – Prefeito de Minas Novas

Alda Gualberto Teixeira – Diretora do Grupo Melhor Idade Renascer

Alvaro Luiz Poglia – Promotor de Justiça do MPMG

Andrea Danielle Janhsen Mendes – Major PM

Augusto Nunes Filho – Presidente da Fundação Clóvis Salgado

Áurea Carolina de Freitas e Silva – Vereadora de Belo Horizonte

Beatriz da Silva Cerqueira – Presidente do SindUte e da CUT-MG

Bernardo de Mello Paz – Presidente do Inhotim

Carina Vitral Costa – Presidente da União Nacional dos Estudantes

Carlos Roberto Jamil Cury – Professor Emérito da Universidade Federal de Minas Gerais

Claudinei Amador – Capitão PM

Donaldo José de Almeida – Advogado

Edmar Cassalho Moreira Dias – Prefeito de Camanducaia

Edmar Pinto de Assis – Major PM

Efigênia dos Santos Gomes – Cantora e compositora

Eleonora Menicucci de Oliveira – Socióloga

Elvécio Eustáquio da Silva – Animador Cultural

Emir Simão Sader – Sociólogo

Evandro Xavier Gomes – Economista

Fernando Antônio Ferreira Chagas – Advogado

Flávio Henrique Alves de Oliveira – Presidente da Empresa Mineira de Comunicação

Francisco Eduardo Moreira – Secretário de Estado Adjunto de Governo

Francisco José Campolina Martins Nogueira – Presidente FIEMG Regional Zona da Mata

Frederico Antunes Coelho Perpétuo – Capitão PM

Gilson Luiz Reis – Vereador de Belo Horizonte

Gleide Andrade de Oliveira – Vice-presidente do Diretório Nacional do PT

Gustavo Adélio Lara Ferreira – Corregedor-Geral da Polícia

Hayden Matos Batista – Médico

Heleno Araújo Filho – Presidente da CNTE

Henrique Braga – Presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte

Inocêncio Rodrigues Uchôa – Juiz do Trabalho Aposentado (Ceará)

João Batista Silvério – Médico e Professor da Universidade Estadual de Montes Claros

João Paulo Cunha – Presidente do BDMG Cultural

João Paulo Oliveira Souza – Presidente do Projeto Favela

José Francisco de Paula Sobrinho – Técnico em Contabilidade

José Laécio Rodrigues Ribeiro – Empresário

Jussara Maria de Carvalho Guimarães – Pró-Reitora de Extensão da Unimontes

Leyde Moraes Guimarães – Historiadora

Luciana de Gouvêa Viana – Professora da UFMG

Luciano Henriques de Castro – Advogado

Luiz Carlos Ribeiro Prestes – Especialista em Economia da Cultura

Luiz Flávio Cortat – Superintendente de Investigação e Polícia Judiciária da Polícia Civil do Estado de Minas Gerais

Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo – Economista

Magno José Raimundo Murta – Pároco da Paróquia Cristo Rei

Makson Alexandre Nogueira Alves Ribeiro Novaes – 1º Sargento BM

Maria Aparecida Turci – Subsecretária de Políticas e Ações de Saúde da Secretaria de Estado de Saúde

Maria Carolina Tomás – Professora da PUCMinas

Maria Goretti Gabrich Freire Ramos – Coordenadora Executiva do Memorial da Arquidiocese de Belo Horizonte

Maria Inês de Moraes Marreco – Presidente da Casa de Cultura Idea

Mariah Brochado – Secretária de Estado Adjunta de Casa Civil e de Relações Institucionais

Marilena Chauí – Filósofa

Mauro Giffoni de Carvalho – Diretor da Faculdade de Educação da Uemg

Miguel Ângelo Monteiro Andrade – Secretário Nacional Adjunto da Juventude do Partido dos Trabalhadores

Nalton Sebastião Moreira da Cruz – Secretário de Estado Adjunto de Saúde

Nicanor Henrique Netto Armando – Capitão PM

Nilma Lino Gomes – Professora da UFMG

Otílio Prado – Assessor Especial do Governador

Paulo Alberto Teixeira Soares – 1º Sargento BM

Porfírio Marcos Rocha Andrade – Diretor Executivo da Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte

Raduan Nassar – Escritor e cineasta

Raimundo Nonato Gonçalves – Chefe-Adjunto da Polícia Civil de Minas Gerais

Regina das Graças Queiroz – Professora

Roberta Velloso e Lanna de Vasconcellos – Empreendedora

Rodney José Idankas – Diretor de Tecnologia da Informação do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo

Sidnei Boccia Pinto de Oliveira Sá – Promotor de Justiça do MPMG

Silvio Rodrigues da Cunha – Empresário

Solange Ribeiro de Oliveira – Professora Emérita da UFMG

Tereza Helena Gabrielli Barreto Campello – Economista

Tomás Hilário Cardoso Ferreira – Capitão PM

Valéria Peres Morato Gonçalves – Presidente do Sindicato dos Professores de Minas Gerais

Warlene Salum Drumond Rezende – Subsecretária de Gestão de Pessoas da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Fonte: Agência Minas)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.