21 de fevereiro de 2017 - 14:14
Home / Brasil / Ouro Preto celebra os 150 anos do bloco carnavalesco mais antigo do Brasil

Ouro Preto celebra os 150 anos do bloco carnavalesco mais antigo do Brasil

O ano de 2017 começa com uma celebração especial no primeiro dia do ano: o bloco Zé Pereira dos Lacaios abre as comemorações de seus 150 anos de existência. O grupo foi formado em 1867, portanto trata-se da agremiação carnavalesca mais antiga do país ainda em atividade. O tradicional bloco carnavalesco nasceu em Ouro Preto, local onde acontecem os desfiles com os conhecidos bonecos gigantes, que remetem à figuras icônicas da região.

A previsão é que a festa comece logo cedo e prossiga durante todo o domingo. Uma missa de agradecimento também será realizada na Igreja Matriz de Santa Efigênia. Em seguida o bloco carnavalesco será homenageado com uma placa de Honra ao Mérito cedida pela Prefeitura Municipal de Ouro Preto.

Quem estiver nas ladeiras da cidade no período noturno também irá esbarrar com os foliões do bloco, que irá desfilar a partir das 20h, partindo da Rua Santa Efigênia, em direção à Praça Tiradentes. A participação é aberta ao público, mas é necessário usar os trajes tradicionais da agremiação: camisa social branca, calça preta e sapato escuro.

História

O bloco teve seu início em 1846 na cidade do Rio de Janeiro com o português José Nogueira Paredes, o Zé Pereira. Durante 21 anos, Zé Pereira saiu pelas ruas do centro tocando um bumbo e atraindo alguns músicos e foliões, conforme salienta a folclorista Deolinda Alice dos Santos.

“Aqui entre nós o carnaval de origem europeia se abrasileirou. Aos poucos os famosos bonecões se alastraram por várias cidades do Brasil”, Deolinda Alice dos Santos, folclorista.

Em 1867, Zé Pereira se mudou para Ouro Preto para trabalhar no Palácio do Governo. Foi então que surgiu o Bloco Zé Pereira dos Lacaios, organizado por funcionários do Palácio, marcado pelo uso de fraques, cartolas e lanternas. O nome Lacaios é uma referência aos colegas bajuladores e seus fraques.

O desfile começa com um grupo de crianças e adultos vestidos de capetinhas, anunciando a chegada do bloco. Os bonecos gigantes, marca registrada dos Lacaios, conta com os personagens Zé Pereira, Baiana e Catitão, além de figuras históricas de Ouro Preto, como Sinhá Olímpia e Tiradentes.

“Não é todo dia que vemos uma entidade durar 150 anos, se mantendo desde o Império até os dias de hoje”, comemora Arthur Ramos, o presidente do bloco. Segundo ele, as comemorações do aniversário serão estendidas durante os próximos meses. “O bloco é uma verdadeira entidade folclórica. Todo mundo gosta, respeita, e passa de geração em geração”, completa.

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


Zé Pereira dos Lacaios, o bloco mais antigo do país (Divulgação/SEC)

(Agência Minas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>