26 de fevereiro de 2017 - 21:29
Home / Esportes / Jovem de São João Evangelista recorda trajetória e comemora atuação no profissional do América Mineiro

Jovem de São João Evangelista recorda trajetória e comemora atuação no profissional do América Mineiro

Mineiro de São João Evangelista, o jovem Diego Barroso Cordeiro, de 18 anos, cresceu com o mesmo sonho comum de várias outras crianças brasileiras: ser um jogador de futebol profissional. Sereno, consciente e determinado, Diego perseguiu seu sonho desde quando deixou sua cidade natal para vestir a tradicional camisa do América.

“Comecei em uma escolinha da minha cidade e jogava futsal na época. E tudo aconteceu de forma bem natural. Estava na minha cidade e um tio meu me chamou para participar de uma peneira que acontecia lá. Fiz, deu tudo certo e eu acabei vindo para Belo Horizonte jogar em outro clube. Depois acabei saindo desse clube e, logo em seguida, o América me abriu as portas. Desde então, não saí mais daqui”, recorda.

No América desde os 13 anos, o lateral passou por todas as categorias de base do Clube: pré-infantil, infantil, juvenil e júnior. Nessa longa caminhada perseguindo o Manto Sagrado americano, o jogador teve todo o suporte do Coelho e passou por treinadores como Paloma (já falecido), Celinho e agora Milagres.

“Desde o meu começo fui orientado por grandes profissionais. A formação na base do América é muito qualificada. Desde o início no pré-infantil com o Paloma, no juvenil com o Celinho e atualmente no júnior com o professor Milagres tenho aprendido muito”, pontua.

Nos primeiros anos de Belo Horizonte, ele morou com uma prima. Atualmente, Diego mora sozinho em um apartamento e comemora que todo seu esforço está sendo recompensado.

“Vim para Belo Horizonte muito cedo. Quando cheguei aqui eu morava em um apartamento com a minha prima. Depois ela foi embora e fiquei sozinho desde os 16 anos. Mas tudo isso em busca de um sonho. Uma coisa que eu sempre tive na minha cabeça, e trabalho todos os dias para que isso se concretize. Agora venho colhendo os frutos”, comemora.

Os frutos colhidos ficaram mais evidentes no último domingo, quando o lateral esquerdo atingiu um estágio importante na sua trajetória ao atuar pela equipe principal do Coelho, como titular, no jogo contra o Santos, na Vila Belmiro, válido pela Série A do Campeonato Brasileiro. A consistência apresentada pelo jogador chamou a atenção de muitos. Diego conta que se preparou bastante para o momento. O lateral agradeceu a ajuda dos atletas mais experientes da equipe profissional não só durante o jogo, mas também nas duas semanas em que esteve treinando no time principal sob o comando do técnico Enderson Moreira. Mesmo lamentando a derrota por 1 a 0, Diego afirma que, no geral, a partida contra o Santos foi positiva.

“Quando soube que iria jogar contra o Santos eu passei a me concentrar bastante, até mesmo em casa, sempre com a consciência do que eu teria que fazer: marcar bem e quando tiver oportunidade sair para jogar. Foi uma experiência muito satisfatória e que me acrescentou muito como jogador. Desde que eu passei a treinar no profissional, o pessoal mais experiente me acolheu muito bem e me passou muita tranquilidade, casos do Osman, do Michael e do Juninho, que são jogadores mais ‘rodados’. Eles me passaram muita maturidade e desde quando começou o jogo me apoiaram bastante. Apesar do resultado, acredito que em um contexto geral foi um jogo bom”, observa o jovem lateral americano.

Diego Barroso Cordeiro é natural de São João Evangelista (Foto: Divulgação/América-MG)

Copa São Paulo

A chance de treinar e participar de um jogo oficial foi apenas o primeiro passo. Ele sabe que o caminho ainda é longo e árduo. O lateral se reapresentou ao técnico Milagres na manhã desta terça-feira (13/12), no CT Lanna Drumond, e retomou a preparação junto ao time Sub 20 visando a disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Presente na última campanha americana na competição quando o Coelhãozinho alcançou a semifinal, Diego garante foco e esforço máximo para que a equipe faça novamente um bom campeonato.

“A preparação final é muito importante, mas acho que essa preparação acontece desde o começo do ano, quando encerramos a campanha da última edição entre os quatro primeiros. Jogamos o Mineiro, a Copa do Brasil e agora teremos novamente a Copa São Paulo pela frente. Nós temos um grupo bom, mesmo que tenhamos perdido algumas peças que foram para o profissional, como o caso do Matheusinho. Vamos nos esforçar bastante nessas próximas semanas, nos prepararmos bem, para chegarmos em São Paulo focados. Temos totais chances de avançar e fazer um bom campeonato. Passo por passo, degrau por degrau, que vai dar tudo certo”, finaliza.

Diego e o restante do elenco Sub 20 americano seguem em ritmo forte de preparação. Após treinarem em dois períodos nesta terça-feira, os jogadores retornam para as atividades comandadas pelo técnico Milagres na manhã de quarta-feira (14/12), no CT Lanna Drumond.

Diego Barroso Cordeiro é natural de São João Evangelista (Foto: Divulgação/América-MG)

(Fonte: América-MG)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>