Mineiros que viram “bola de fogo” cruzar o céu podem colaborar com pesquisa

0

A Exoss, organização sem fins lucrativos que tem como finalidade o estudo de bólidos, está analisando um fenômeno presenciado no Centro-Leste de Minas Gerais. Desde a noite de terça-feira (1º de novembro de 2016) moradores de Governador Valadares, Ipatinga, Guanhães, Virginópolis, Belo Horizonte, Caratinga, e vários outros municípios utilizam as redes sociais para informar sobre uma bola de fogo que cruzou o céu na região.

Nesta quinta-feira (3), o coordenador da Exoss, Marcelo De Cicco, entrou em contato com a Redação do Aconteceu no Vale e solicitou a colaboração de nossos leitores para um estudo sobre o evento. “A Exoss recebeu relatos de uma “estrela cadente” nas cidades marcadas no mapa a seguir e em quase sua totalidade foram presenciados um forte clarão no céu seguido de um forte estrondo. Estamos analisando os dados recebidos e aguardando novos relatos para determinar uma possível trajetória do evento.”

Os interessados em colaborar deverão acessar o endereço http://bolido.exoss.org e responder questões referentes ao fenômeno presenciado. Imagens de câmera de segurança também poderão ser estudadas. Se você tem um registro do evento, envie para nosso WhatsApp: (33) 9 8713-9983.

Alguns locais onde o fenômeno foi presenciado (Foto: Divulgação/Exoss)

Clarão do céu

O Aconteceu no Vale recebeu pelo menos cem relatos sobre um clarão no céu da região, confira alguns: “O vídeo que está rolando nas redes sociais é antigo, mas realmente houve um tremor na terra e um clarão no céu na noite de ontem [01/11/2016], por volta de 21h40. Liguei a pouco para amigos em Virginópolis e Ipatinga e eles confirmaram que houve sim esse estranho acontecimento.”, disse uma internauta em resposta a nossa publicação sobre o uso de um vídeo antigo para ilustrar o fenômeno.

“O vídeo pode ser antigo, mas aconteceu ontem à noite. Estava na porta da minha casa, no bairro Castanheiras [Governador Valadares], quando uma bola de fogo cruzou ao céu em direção ao aeroporto. Isso aconteceu por volta das 21h30, nesta data 01/11/2016.”, afirmou outro internauta.

“Eu não vi porque estava dentro de casa vendo TV, mas por volta de 10 da noite escutei uma explosão, as paredes até tremeram. Eu cheguei a temer e comentei com minha mãe. Moro no Bairro Santa Rita, em GV.”, informou o morador de Governador Valadares.

Sobre o bolido.exoss.org

É uma ferramenta de coleta on line de testemunhos de avistamento de bólidos, criada pela AMS – American Meteor Society em parceria com a IMO – Internacional Meteor Organization, e, cedida exclusivamente ao projeto brasileiro de pesquisas de meteoros, Exoss (ligado ao ON – Observatório Nacional), que congrega astrônomos amadores, coordenados por pesquisadores profissionais – em investigações do espaço aéreo brasileiro em busca de meteoros.

Superbólido registrado sobre o RJ em 16 de outubro de 2015 (Foto: Divulgação/Exoss)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.