Domingo de votação foi tranquilo em Minas Gerais

0

O domingo de votação nos quatro municípios de Minas Gerais onde houve segundo turno – Belo Horizonte, Contagem, Juiz de Fora e Montes Claros – foi tranquilo e a avaliação do TRE, segundo o presidente da Corte mineira, desembargador Geraldo Domingos Coelho, foi muito positiva. Até o final da votação, apenas duas ocorrências policiais foram registradas, “casos isolados que não afetaram a normalidade da votação”, disse o desembargador.

Não houve ocorrências relacionadas às escolas ocupadas por estudantes, e o acordo firmado entre a Justiça Eleitoral mineira e as lideranças estudantis foi mantido. Nas nove escolas ocupadas em Belo Horizonte – dentre elas a escola Estadual Governador Milton Campos (foto) -, a votação ocorreu normalmente. O desembargador Domingos Coelho agradeceu aos estudantes que “colaboram com a eleição e mantiveram os compromissos acordados”. “Foi válido o diálogo que promovemos com eles, para que o eleitor pudesse exercer seu direito de voto”.

Duas ocorrências policiais registradas durante o dia de votação foram pouco expressivas: em Belo Horizonte e em Montes Claros, casos relacionados a propaganda irregular e a desacato a mesário, esta última gerou a condução do eleitor à unidade policial. Outras ocorrências ainda podem ser registradas.

Com relação às urnas eletrônicas, apenas 76 – 0,98% do total – foram substituídas em todo o estado, sendo 53 em Belo Horizonte (1,18%), 5 em Contagem (0,39%), 14 em Juiz de Fora (1,20%) e 4 em Montes Claros (0,49%). Assim como no primeiro turno, não houve votação manual.

Em Belo Horizonte, também chamou atenção a limpeza das ruas. O desembargador Domingos Coelho atribuiu às ações da campanha Sujeira Não é Legal liderada pelo TRE, que incentivou uma campanha eleitoral limpa, ao menor número de candidatos que no primeiro turno e, ainda, às limitações no financiamento das campanhas.

No posto de justificativa no Aeroporto de Confins, foram feitos 636 atendimentos e recebidas 781 justificativas. Na Rodoviária de Belo Horizonte, foram feitos 785 atendimentos e recebidas 452 justificativas. No Disque-Eleitor, foram feitos 2568 atendimentos até as 18h.

Desde o primeiro turno, os boletins de urna contêm um código de barra (QR Code), possibilitando o registro dos resultados nos celulares para posterior conferência com os dados totalizados.

(Fonte: TRE-MG)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.