“Acabou coxinha, acabou mortadela. Agora é quibe”, diz Kalil após vitória em BH

0

O novo prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PHS), afirmou que irá governar para todos, mas já sinalizou que não quer diálogo com o senador Aécio Neves (PSDB). Na primeira entrevista concedida como prefeito eleito, disse que vai procurar o maior concorrente de Neves na pretensão às eleições de 2018, que é o também tucano Geraldo Alckmim, governador de São Paulo.

“Nós vamos conversar com todo mundo. Vamos conversar com o PSB do prefeito, com o PT do governador e com o PSDB do Geraldo Alckmim”, enfatizou. Kalil afirmou que a vitória no segundo turno foi resultado do tempo que teve no programa eleitoral. “A partir do momento que eu passei de 23 segundos para 5 minutos, e coloquei só propostas, o povo entendeu”, enfatizou.

O novo prefeito disse que quer fazer um governo amplo. “Vamos tentar conversar com lideranças de todos os partidos. Queremos levar o meu governo para todos. Não interessa o partido”, garantiu, dando o cardápio da futura gestão: “Acabou coxinha, acabou mortadela. Agora é quibe’

Ele também desabafou, disse que sofreu com as agressões. “As noites que eu chorei no meu quarto, sozinho e com a minha mulher, por ter sido ofendido, valeram a pena. Eu não guardo mágoa de ninguém. Fiz uma boa caminhada. Agora é hora de apaziguar os ânimos, hora de ter tranquilidade. Deus sabe o que faz. Eu pedi muito a ele. Vamos tratar desse problema. A partir de janeiro essa cidade será humanizada”, afirmou.

“Nós vamos governar pra todos. Esta cidade vai se tornar uma cidade melhor. Nós vamos lutar para ajudar esse povo sofrido”, assegurou Kalil.

Kalil comemorou a vitória com eleitores (Foto: Lucas Prates/Hoje em Dia)

Resultado

O empresário Alexandre Kalil, do Partido Humanista da Solidariedade (PHS), foi eleito, em segundo turno, disputado neste domingo (30/10/2016), prefeito de Belo Horizonte (MG) para os próximos quatro anos. O candidato obteve 628.050 (52,98%) dos votos válidos, deixando para trás, em segundo lugar com 557.356 (49,69%), o deputado estadual João Leite, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). 4.478 (100,00%) seções foram apuradas.

Belo Horizonte é a capital de Minas Gerais e possui 1.927.456 eleitores, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A Justiça Eleitoral registrou 438.968 (22,77%) abstenções e comparecimento de 1.488.488 (77,23%) eleitores. 72.131 (4,85%) belo-horizontinos votaram em branco e outros 230.951 (15,52%) anularam o voto. O total de votos válidos foi 1.185.406 (79,64%).

(Fonte: Hoje em Dia e Aconteceu no Vale)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.